Projeto Vidas Paralelas Indígena: revelando o povo Piratapuia / Waíkhana do Amazonas, Brasil

Evelyn Nery, Maria da Graça Luderitz Hoefel, Edgar Merchán Hamann, Denise Osório Severo, Silvéria Maria dos Santos

Resumo


Este relato de experiência se refere ao
povo Piratapuia ou Waíkhana, que habita o
Noroeste do Estado do Amazonas. Neste caso,
mais especificamente ao componente desse
grupo étnico, no município de Santa Isabel
do Rio Negro. Relata-se a história do grupo
étnico enfatizando sua migração do alto para
o médio Rio Negro, a influência da missão
saleciana e da invasão dos garimpeiros bem
como a convivência com outros grupos étnicos
(tukano, yanomami, entre outros). A seguir, são
mostrados detalhes da organização social que
1 Estudante de Nutrição. Faculdade de Ciências da Saúde
(FS) – Universidade de Brasília (UnB);
2 Doutora em Sociologia. Professora do Departamento
de Saúde Coletiva (FS/UnB), Coordenadora do Projeto
Vidas Paralelas Indígena (PVPi);
3 Doutor em Saúde Pública. Professor do Departamento
de Saúde Coletiva (FS/UnB), tutor do PVPi;
4Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências
da Saúde da UnB; Pesquisadora Associada do
Núcleo de Estudos em Saúde Pública / NESP, tutora do
PVPi;
5 Doutora em História. Professora do Departamento de
Enfermagem (FS/UnB), tutora do PVPi.
inclui a estrutura de clãs com suas hierarquias.
Descrevem-se as diversas associações
indígenas da região que conseguiram criar uma
consciência na população do municípío, onde
atualmente 90,0% se assume como pertencente
a grupos étnicos indígenas. No que se refere à
cultura, detacam-se as práticas de cura e autocuidado
providas pelos benzederos. A estrutura
sanitária pertence ao pólo de Sta. Isabel com
um hospital e uma unidade básica de saúde,
sendo que o Distrito Especial Indígena de
Saúde foi ampliado para garantir cobertura
ao médio Rio Negro. Porém apontam-se as
dificuldades geradas pelas enormes distâncias
de deslocamento

Texto completo:

PDF iphone/android


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v6i1.1099



Direitos autorais

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________