[1]
P. Viana, “A experiência de trabalho do Grupo Curumim com parteiras tradicionais”, TEMPUS, vol. 4, nº 4, p. pag.209-214, dez. 2010.