Parto Humanizado e Memória do Nascimento: uma reflexão sobre a produção de saúde desde os seus primórdios

Liliane Penello, Liliana Lugarinho, Selma Eschenazi do Rosario

Resumo


A experiência do parto é um dos mais importantes
eventos na vida dos seres humanos. A Estratégia
Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis - primeiros
passos para o desenvolvimento nacional é um projeto
do Ministério da Saúde e Instituto Fernandes
Figueira da Fundação Oswaldo Cruz (IFF/Fiocruz)
dirigido à primeira infância. Objetiva destacar
ações intersetoriais com foco no desenvolvimento
emocional primitivo para garantia da vida com
qualidade sustentada na potência dos vínculos
estabelecidos entre os bebês, suas mães e cuidadores
nos primórdios da vida. Nesta oportunidade,
discute-se a importância da humanização do parto
nesta concepção estratégica, apresentando seus
marcos teóricos, incluindo os determinantes sociais
da saúde e as contribuições de Donald Winnicott,
sua metodologia, dispositivos inovadores e ações que desenvolve pela promoção da saúde,
redução de iniqüidades e construção da cidadania,
considerando-as como bases de uma política
pública de saúde voltada para os cuidados com a
primeira infância.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v4i4.839



Direitos autorais

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________